(11) 2858-6805 - contato@moringadapaz.com 

Rua Tapajos, 187 - Luz - São Paulo - SP

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Faça seu cadastro na nossa newsletter

Fotos:   Fausto Roim

Moringa da Paz fazendo história em Brasília

Pela primeira vez na trajetória da Moringa oleifera no país, empresário que trabalha com a planta é recebido pela Anvisa

 

 

Por Paloma Amorim - Moringa da Paz

 

No último dia 26 de junho, Alê Olív, Fundador e Presidente da Moringa da Paz, e Gabriel Martins, Gerente de Vendas da Moringa da Paz, foram recebidos por William Dib, atual Diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa*), e por sua equipe técnica para darem andamento no registro oficial da Moringa oleifera no Brasil.

 

Vale destacar que essa é a primeira vez em todos os 169 anos de história da moringa em território brasileiro - a planta encontra-se no país desde os anos 1850; que um empresário que trabalha com produtos à base de moringa tem a oportunidade de discorrer diretamente com a diretoria da agência reguladora nacional acerca do registro do superalimento.

 

Durante a reunião foram abordados alguns assuntos, com destaque para o início da análise técnica do processo já incluso na Anvisa desde janeiro deste ano, além da apresentação dos trabalhos da Moringa da Paz no país, empresa líder na distribuição de produtos à base de Moringa oleifera da América Latina com sete anos de história.

 

Para encerrar o encontro entre os presidentes, a Moringa da Paz fez uma homenagem ao Willian Dib, entregando-lhe uma placa que faz menção aos planos da empresa de visitar a sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, em janeiro de 2020, para propor que a Moringa da Paz seja sua porta-voz em assuntos relacionados à Moringa oleifera e à desnutrição no Brasil.

 

Sobre a Anvisa

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é uma agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde que exerce o controle sanitário de todos os produtos e serviços (nacionais ou importados) submetidos à vigilância sanitária, como: medicamentos, alimentos, cosméticos, derivados do tabaco, sangue, hemoderivados, serviços de saúde, entre outros.

Compartilhe no Facebook
Please reload