(11) 2858-6805 - contato@moringadapaz.com 

Rua Tapajos, 187 - Luz - São Paulo - SP

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Faça seu cadastro na nossa newsletter

Fotos:   Fausto Roim

Dia Mundial do Doador de Sangue homenageia e incentiva doadores

Vista como um presente que salva vidas, a doação de sangue é parte integral da saúde universal

 

Por Larissa Carvalho - Moringa da Paz 

Imagem: Moringa da Paz 

 

Hoje, 14, é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue! A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014. O dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 junho de 1868 – 26 de junho de 1943), ele foi um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh que é um dos dois grupos de antígenos eritrocitários de maior importância clínica, estando envolvido nas reações transfusionais hemolíticas e na Doença Hemolítica do Recém-Nascido.

 

O objetivo dessa data é agradecer aos doadores por esse presente que salva vidas. Além disso, a data conscientiza sobre a necessidade de se fazer doações regulares de sangue para garantir que todos os indivíduos e comunidades tenham acesso a produtos sanguíneos acessíveis e seguros como parte integral da saúde universal.  

 

Como se tornar um doador de sangue?

 

Doar sangue é um processo fácil, rápido, seguro e solidário. A doação de sangue ocorre quando um indivíduo vai voluntariamente a um centro especializado e disponibiliza seu sangue para ser usado em transfusões ou outras situações clínicas.

 

Os requisitos para doação de sangue são:

  • Estar em boas condições de saúde.

  • Ter entre 16 e 69 anos (pessoas acima de 60 anos só podem doar se já tiverem doado sangue alguma vez antes dessa idade).

  • Pesar no mínimo 50kg.

  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

  • Estar alimentado. (evite alimentos gordurosos e aguarde até 2 horas para doar).

  • Apresentar documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Pessoas com menos de 18 anos precisam estar acompanhadas dos responsáveis ou com formulário de autorização.

 

Quem não pode doar sangue?

 

Os principais impeditivos para doar sangue são:

  • Ter idade inferior a 16 anos ou superior a 69 anos.

  • Ter peso inferior a 50 kg.

  • Estar com anemia.

  • Estar com hipertensão ou hipotensão arterial no momento da doação.

  • Estar com aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos no momento da doação.

  • Estar com febre no dia da doação.

  • Levar uma criança menor de 13 anos para o hemocentro e sem a presença de outro adulto que possa acompanhá-la após a doação.

Passo a passo da doação de sangue: 

 

O doador passa pelas seguintes etapas para doar sangue:

 

1. Cadastro: Cadastro do candidato à doação com a apresentação de documento oficial com foto.

2. Pré-triagem: Verificação dos sinais vitais (pressão arterial, temperatura e batimentos cardíacos), peso e teste de anemia.

3. Triagem clínica: Entrevista individual e sigilosa onde serão avaliados os antecedentes e o estado atual de saúde do candidato à doação para determinar se a coleta poderá trazer riscos para ele ou para o receptor.

4. Coleta de sangue: Coleta de aproximadamente 450ml de sangue e amostras para a realização dos testes laboratoriais.

5. Alimentação: Após a doação de sangue o doador receberá um lanche. É recomendável que o doador permaneça no mínimo 15 minutos no hemocentro e beba bastante líquido durante o dia.

 

Cuidados pós-doação.

 

Orientações que devem ser seguidas pelo doador:

  • Ingerir quantidades extras de líquidos nas primeiras 24 horas após a doação. Isto ajudará na reposição do volume de sangue perdido.

  • Não ingerir bebidas alcoólicas por 24 horas.

  • Não fumar por 2 horas.

  • Evitar exercícios físicos extenuantes por 12 horas, incluindo subir rampas e escadas. Isso porque existe o risco de o doador apresentar fraqueza, tontura ou até desmaiar. Caso utilize o braço puncionado nesse esforço, poderá ter sangramento ou hematoma no local da punção

  • Manter o curativo no local da agulha por 4 horas no mínimo. Caso volte a sangrar, pressionar o local por 2-5 minutos e então trocar o curativo, que deverá permanecer por mais 4 horas.

Viu como é simples? Que tal parar tudo e ir ajudar alguém doando sangue?

 

Compartilhe no Facebook
Please reload